Astrologia Cármica

 

Carma e Reencarnação por Beatriz Piva, Astróloga Cármica

O que é Carma? Essa palavra indiana basicamente se refere à lei universal de causa e efeito, idêntica à ideia da bíblia de que “o homem deverá colher tudo o que semeia”.

1 comment
Carla RisoAstrologia Cármica
leia mais

Novos Rumos

 

Depois da minha formatura, sou Bacharel em Desenho Industrial, fui demitido da empresa na qual estava trabalhando. Encontrei dificuldades na recolocação dentro da minha área, pelo que decidi iniciar uma viagem de bicicleta.

No comments
Carla RisoNovos Rumos
leia mais

Relacionamento

   

 

                            Fases do Relacionamento

 

 Tema bastante presente nas relações humanas sejam afetivas, conjugais, sociais e até profissionais. Quero abordar neste post as relações afetivas e conjugais.

Você foi à Balada, ao cinema, ao teatro, ao mercado a uma reunião profissional, de repente… seu olhar cruza com o de alguém e você passa a ter certeza de que é aquela a pessoa para estar ao seu lado para o resto da vida!!!!

Muita calma nessa hora!!!  Segure seu entusiasmo e expectativas por um momento, pois é preciso esclarecer que tudo depende de como vocês vão conduzir esse relacionamento, que comportamentos terão no auge do entusiasmo e nos momentos de crise que surgirão.

Como agir então frente essas fases do relacionamento?

Fase Mágica– (seu desafio: Manter os pés no chão enquanto a cabeça está nas nuvens)

Desde o dia que se conheceram, você vive o puro êxtase. A paixão é poderosa e provoca toda essa euforia. Ela dá mesmo um barato químico instantâneo. Bastam 60 segundos para ativar um circuito cerebral, o circuito do prazer ou da recompensa.  Essa alteração leva você a acreditar que sua felicidade depende dessa pessoa, que ela irá resolver sua vida (como se isso fosse possível). É nesse momento que surge a tendência a você se anular, por ser merecedor de tanta felicidade. Essa decisão é perigosa, pois não é consciente, vai acontecendo aos poucos e “em nome do amor”.

Você não faz nada sem o seu amor; vai se afastando de seus amigos, seus projetos, perde sua individualidade.

O que você deve fazer? Abra o olho! Nenhum relacionamento resiste à perda da autonomia e identidade.

Fase Ele(a) é mortal! tem defeitos – (seu desafio: Avaliar se dá ou não para viver com o que você não gosta nele(a), suas características e seus valores).

Todos que já se apaixonaram sabem que nossa tendência é enxergar só qualidades que desejamos no outro. Focados em nosso próprio desejo passamos a viver o “estrabismo” emocional”. Seu amor é uma pessoa com qualidades e defeitos, mesmo assim pode ser para o resto da vida.

O que fazer? Observe quem é de verdade essa Pessoa; jogue fora o excesso do romantismo e de entusiasmo; aí sim, poderá construir um amor verdadeiro.

Fase Entrei na rotina– (seu desafio: Aprofundar a relação).

Se há amor, com o passar do tempo ele só aumenta. O problema é que achamos que acabou a novidade e aí perdeu a graça. É importante conhecer características e sonhos de cada um, pois o conhecimento vai solidificando a parceria e o amor. Não veja a rotina como negativa, ela dá segurança, mas deve ser sempre estimulada e renovada.

O que fazer? Amadureça seu relacionamento.

Fase Depois da briga- (você nunca imaginou que brigariam)?

Casais começam a brigar por terem intimidade e querem estabelecer seu espaço, seu próprio território, seus limites. Isto não é ruim …é sinal que estão mais seguros entre si e podem até discutir temas mais delicados. O fato de pensar” um nasceu para o outro”, não significa serem a mesma pessoa, nem iguais. O que fazer? Converse, discuta, mas não esqueça o respeito.

Fase Nosso Futuro– (desafio: É com essa pessoa que quero construir minha vida?)

As mulheres são mais susceptíveis a entrar em relacionamentos com expectativas irreais.

O que fazer? Dê um tempo, a ideia é deixar as emoções se estabilizarem e resistirem às loucuras da paixão. A partir daí comece a fazer planos para algo mais sério, casamento, etc.…

Fase 2 ou 1– (desafio: Manter a individualidade).

O clima de “lua de mel” dos primeiros meses, leva você ao risco da fase mágica, onde a tendência a se anular é o grande perigo. Abrindo mão de hábitos saudáveis de solteiro(a) sem dó, nem saudosismo.Haja negociações e concessões!O que fazer? Abra mão da idéia de que tudo deve ser feito junto. Manter a individualidade é fundamental para que não se sintam sufocados e o relacionamento se torne uma prisão insuportável.

Fase Dormindo com o amigo(a) – (desafio: Manter aceso o desejo sexual).

Sabe o velho pijama surrado que você adora? A intimidade e a convivência, não podem trazê-lo de volta. O cuidado de um com o outro aparece com naturalidade, mas não pode substituir o desejo. Não se pode substituir o desejo pela amizade. Não se espera nesta fase, sessões de sensualidade, mas a relação precisa de motivação; o que fazer? Voltar a lugares que vivenciaram momentos de grande paixão, usar uma peça intima arrojada ou inovadora, falar sobre novas descobertas juntos.

Jovens, Maduros, Idosos, pessoas com novos e “velhos” relacionamentos, reflitam sobre essas dicas.

Obrigado.

Até…

Sobre cuidardequemcuida:
Psicóloga com ampla experiência em trabalhar com prevenção e educação em saúde, seja individual ou grupos.  Em consultório, atende individualmente e realiza grupos de Relaxamento, Obesidade, “Ser Saudável”.

 

Títulos: Supervisão em Psicologia Clínica e Educacional,

Especialização em Psicologia Hospitalar e Psicomotricidade.

Conselheira pelo SENAD em Álcool e Drogas. Coaching Woman to be.

Atua em consultório, empresas, clubes e ONGs.

Pedagoga com ampla experiência em coordenação pedagógica e direção de pré-escolas, planejamento estratégico e qualidade. Voluntária em ONGs, hospitais e instituições escolares.
Publicado em 4 de abril de 2014 por cuidardequemcuidaEsse post foi publicado em Psicologia e comportamento..

No comments
Carla RisoRelacionamento
leia mais

Numerologia

Como descobrir a sua Lição de Vida?

 

Basta somar a sua data de nascimento.

 

A lição de vida, vem a ser a escola que lhe foi imposta para o sucesso de seu destino; procure harmonizá-lo ao seu modo de viver.

No comments
Carla RisoNumerologia
leia mais

Você come muitas guloseimas?

 

O DETOX

O detox verde é um suco também conhecido como suco verde, preparado com verduras da cor verde escura, rico em vitaminas A, do complexo B e C; minerais tais como, ferro, cálcio; também ácido fólico, fitoquímicos, antioxidantes com todas as suas propriedades benéficas.

No comments
Carla RisoVocê come muitas guloseimas?
leia mais

6 Dicas para voltar a rotina depois das férias!!!

 

Tirar aquela folga da rotina do trabalho e da casa é essencial para renovar as energias. E se você aproveitou o recesso de final de ano e agora está voltando para a sua rotina, veja como fazer isso da melhor forma, sem ficar tão chateado porque as férias acabaram. Veja:

No comments
Carla Riso6 Dicas para voltar a rotina depois das férias!!!
leia mais

Formas de Sucesso

 

Dia destes li uma reportagem muito interessante que mencionava uma lista de pessoas, alguns gênios, outros bilionários, muitos dos quais sequer chegaram a terminar os seus estudos de ensino superior, outros já tinham ficado milionários antes mesmo de receberem o seu diploma.

No comments
Carla RisoFormas de Sucesso
leia mais

Vamos começar o ano saudável?

Olá Pessoal!

Pelo segundo ano consecutivo preparei um prato para o réveillon, que é uma variante de um ceviche com salmão. Aprendi a fazê-lo há uns dois anos. A primeira vez que o experimentei, achei com um sabor muito delicado, um paladar consistente com uma grande variação de sabores, o que o torna um prato único, saudável e refrescante para esta época do ano.

Decidi assim compartilhar com vocês a receita, que não é bem uma receita, é uma orientação, já que se posso dar uma sugestão, o que vale é você ir experimentando e dar um toque todo seu, por isso não me preocupei em colocar as quantidades exatas dos ingredientes, pois você coloca ao seu gosto e de repente, se você fizer uma variante que fique melhor, me deixe saber que colocamos aqui a sua receita.

 

Bom divertimento e Bom apetite!

 

No comments
Carla RisoVamos começar o ano saudável?
leia mais