Sampa Ativa: começar a correr aos 60 anos

Ter mais saúde e dar o exemplo. Esses foram os principais motivos que levaram Jorge Damião de Almeida de 60 anos a sair do sedentarismo e começar a praticar corrida. Há seis meses ele ocupa a cadeira de Secretário Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo e, devido a muito trabalho e compromissos,  estava acima do peso, com a pressão alta e sem tempo para praticar exercícios.

“Como eu poderia incentivar as pessoas a fazer algum tipo de atividade esportiva se eu mesmo não fazia. Eu já estava com intenção de sair do sedentarismo e, em uma conversa  com  o editor de uma publicação sobre corridas, fui desafiado  a começar a correr  e até o final do ano participar de uma maratona”. Ressalta Jorge Damião.

Avaliação Médica antes da primeira passada

Mas assim como o secretário, qualquer pessoa, independente da idade, antes de colocar o tênis e de começar a praticar exercícios deve passar por uma avaliação médica. Segundo Antônio Masseo  de Castro, médico do esporte e  especialista em cirurgia de joelho, o futuro praticante de corrida deve fazer uma avaliação cardiofisiológica.“Os exames cardiológicos são os primeiros que devem ser feitos, para verificar se há alguma insuficiência que possa levar ter problemas no coração devido à sobrecarga do exercício. Após a liberação da parte cardiológica é preciso fazer uma avaliação ortopédica e funcional, com o objetivo de prevenir alguns tipos de lesões musculoesqueléticas e auxiliar na melhora da performance, corrigindo possíveis alterações clínicas e metabólicas.Com os  chamados “gestos de corrida” alinhados e corrigidos, a prática da corrida pode ser iniciada de forma segura, gradativa, sem impactos e com um desenvolvimento correto” complementa o Doutor Antônio Masseo de Castro.

O Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Jorge Damião de Almeida, antes de iniciar seu desafio passou por uma bateria de exames e só começou a praticar corrida após a liberação médica. “Também fiz uma consulta com uma nutricionista e estou fazendo uma reeducação alimentar, pois estava com sobrepeso, o que segundo os médicos, poderia causar problemas nas minhas articulações, aumentar o cansaço e atrapalhar meu desempenho”.

Aos 60 anos Jorge Damião de Almeida treina três vezes por semana, já perdeu cinco quilos e já participou de três corridas: duas de cinco quilômetros e uma de oito quilômetros.

“A prática da corrida e uma alimentação correta trouxe muitos benefícios para o meu dia a dia. Estou me sentindo mais disposto e saudável. Quero através dessa experiência dar o exemplo que a idade não é impedimento para iniciar uma prática esportiva, incentivo os secretários a participarem também. Já estão participando das corridas Aline Cardoso, Secretária do Trabalho, Caio Megali, Secretário de Finanças, Fernando Chucre, Secretário de Habitação, Alexandre Schneider, Secretário de Educação.

 

Cidade Ativa: aumento em 20% da atividade física da população

Está no plano de metas do Prefeito João Dória, o Sampa Ativa que visa  aumentar em 20 por cento a atividade física da população da cidade de São Paulo. Vários projetos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer incentivam a prática esportiva para uma melhora na saúde e na qualidade de vida. “Além dos projetos, temos 42 centros esportivos, 3 estádios  municipais e um centro esporte radicais  com  programas e atividades físicas para a terceira idade. Acredito cada vez mais que o esporte transforma vidas”. Complementa Jorge Damião de Almeida, Secretário Municipal de Esportes e lazer de São Paulo.

Informações  http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/clube_escola/.

Assessoria de Imprensa

Jorge Damião de Almeida -Secretário Municipal de Esportes e Lazer

Valéria Rambaldi – 011 99237 8538

 

No comments
Carla RisoSampa Ativa: começar a correr aos 60 anos
leia mais