Muitas vezes me pergunto porque eles voltam?

O que trás filhos crescidos, maduros e independentes de volta para casa e suas mães.

Muitos e os mais variados podem ser os motivos: falta de grana, uma lesão que precisa de cuidados por um longo tempo, um divórcio, e por ai vai.

Como é bom para eles, e para nós, essa relação de amor e de confiança, de podermos ser seu porto seguro, que essas certezas tenham ficado estabelecidas em suas mentes e corações desde seus primeiros anos de vida.

Eles têm para onde voltar

Uma casa de mãe por mais precária que possa ser, simples, minúscula ou então enorme com muita estrutura, é aonde eles vão poder encontrar uma mão estendida, um abraço apertado, um sorriso verdadeiro, um carinho, um olhar cheio de amor.

Por mais que venhamos a dar palpite , e que claro detestam, sabem que nosso julgamento esta sempre embrulhado com amor e afeto verdadeiro.

O que ele precisava quando voltou? O porque ele está de volta, por um período, por muito tempo, não importa, sempre o motivo é importante que os trazem  de volta para casa.

Nos sentimos novamente aquela mãe que zelava pelo seu bem estar, que estava atenta a suas vontades e desejos, que quer demonstrar que é um prazer te-lo  por perto, e deixar claro que podem contar conosco sempre.

Apertamos armários, esvaziamos gavetas, arranjamos lugar para guardar tudo que ele trouxe, e até nos perguntamos como cabiam com suas coisas na nossa casa, pois agora parece tudo muito apertado, meio entulhado.

Fazemos as comidas que eles gostam, lembramos de suas frutas preferidas, e damos suporte de lavanderia e limpeza (claro afinal somos mães de nossas crianças)

Está certo? Não sabemos, e o que importa é que fazemos por um amor imenso que está em nossos corações e até esquecemos que já cresceram e muito rss.

E por amor oramos a Deus que os confortem, que minimize as suas dores, que os ajude a resolver seus problemas com menos sofrimento e mais resignação.

Eles talvez só precisem de um tempo

E que tenhamos a clareza que eles voltaram para tomar fôlego, recarregarem as baterias, para estarem fortes o suficiente para alçarem vôo novamente para outra etapa de suas vidas, com a certeza que estaremos aqui, torcendo para que não precisem mais voltar, mas no fundo sentindo que estava bom demais com eles por perto novamente.

SEJAM FELIZES FILHOS QUERIDOS, E VOLTEM SE PRECISAREM, NEM QUE SÓ PARA UMA VISITINHA.

Créditos: Blog Maria Te Viu

1 comment
Carla RisoMuitas vezes me pergunto porque eles voltam?
leia mais